Vem aí o 2° Festival de Cinema de Três Passos

11226933_438862419606600_3988171729346285409_n

O Festival de Cinema é um evento destinado à exibição de obras audiovisuais de curta-metragem produzidas prioritariamente no território brasileiro. As inscrições para a 2ª edição encerram no dia 20 de agosto e podem ser feitas de forma gratuita. O evento é constituído de Mostra Competitiva nas categorias ficção, documentário, animação, experimental, temática ambiental e também por Mostra não Competitiva.

Poderão participar pessoas físicas, exceto os membros que integram a Comissão Organizadora, a Comissão de Seleção (Curadoria), e o Júri Técnico. Serão aceitas produções com a duração máxima de 25 minutos, (incluídos os créditos), faladas ou legendadas em português, de todos os gêneros cinematográficos (exceto filmes institucionais ou publicitários), produzidas no período de 2012 a 2015, até a data da inscrição, e que não tenham sido exibidas na edição anterior do evento.

A inscrição deverá ser feita diretamente no site do festival cinema de Três Passos. Fique atento também ao regulamento.

O 2° Festival acontecerá  de 12 a 14 de novembro no Cine Teatro Globo em Três Passos.

Redação K1 e convergência digital em pauta

Esta semana foi marcada pelo lançamento da nova temporada do Redação K1 – site de notícias mantido por alunos de Jornalismo da Unijuí, por meio de um projeto coordenado pelo professor Felipe Dorneles -, e por uma palestra da coordenadora de telejornalismo da RBSTV Santa Rosa, Lisiane Sackis, no Salão Azul da Biblioteca Universitária Mário Osório Marques, no campus da Unijuí.

DSC_3282

Alunos e professores do curso de Comunicação Social marcaram presença no evento

Para o coordenador da proposta do Redação K1, posta em prática na disciplina de Jornalismo Digital do 5° semestre do curso de Jornalismo, essa é uma oportunidade para que os alunos possam aprender na prática como funciona e como é trabalhar com um site de notícias: “Os acadêmicos passam por diversas funções: são editores e repórteres. Além disso, eles podem ver sua produção veiculada e que pode ser acessada em qualquer parte do mundo”.

DSC_3243

Professor Felipe destacou a funcionalidade do site

O site Redação K1 publica notícias e fatos que acontecem na região Noroeste do Rio Grande do Sul e abrange diversos segmentos como política, cultura e saúde. Participam da produção dos materiais os alunos Alexandre Pereira, Álvaro Nascimento, Ânderson Bauer, Bruno Gonçalves, Carine Krominger de Sá, Deise Krug, Fernanda Rebelato, Greice Bueno, Kelvin Morais, Laís Dahmer, Larissa Dorneles, Milena Wittekind, Nataline Nervis, Paola Brocardo Guimarães, Rafael Keske, Raquel Pedroso e Talisson Lange.

O Redação K1 é sinônimo de aprendizado, segundo Larissa Dorneles: “Eu vi que precisava ser mais objetiva, precisava trabalhar diversas coisas e agora sim eu estou melhorando e estou dando atenção ao digital que às vezes a gente não dá, por que não é simplesmente fazer um texto curto. Tem todo um trabalho por trás disso”.

E o que Lisiane Sackis pensa da realização desse tipo de atividade? Ela responde:

A jornalista afirmou em sua palestra que o material veiculado deve ter um diferencial, deve possibilitar um conhecimento a mais para o público e, é claro, não deve esquecer da participação deles. “Hoje nessa convergência é preciso ter um diferencial: não é só abordar o factual, mas aprofundar esse assunto e a partir disso gerar uma discussão”, destacou.

DSC_3277

Lisiane Sackis falou sobre a TV na era da convergência digital

E como Lisiane se prepara para as atividades do dia a dia? A receita, segundo a egressa do curso de Jornalismo da Unijuí, tem: um toque de sensibilidade e uma dose de dimensão humana misturada com leitura.

Boas vindas aos Comunicadores!

É início de semestre. As salas de aulas estão novamente cheias. É hora de reencontrar os colegas e professores e de conhecer quem está começando a vida universitária. É por isso que a Usina de Ideias, com o apoio da coordenação do curso de Comunicação e do Dacom, resolveu organizar um encontro especial para reunir todos e dar as boas vindas.  O encontro vai ser na próxima quarta-feira, dia 11 de março, a partir das 19h10 no Salão Azul da Biblioteca Universitária Mario Osorio Marques, câmpus Ijuí.

Vai ter presentinho, bate-papo, coquetel, música e também um convidado especial. Estamos falando do egresso de Publicidade e Propaganda Adilson Damião. Ele vem falar sobre a feliz união entre a música e a comunicação. Adilson atua na área de produção musical há 23 anos. Após sua formação acadêmica em 2000 constituiu a empresa ZIP Comunicação – especializada em produção de jingles, spots e locuções. Também atua na produção de vídeos publicitários e institucionais. Esperamos vocês lá. ;)

a comunicação e a música

Projeto Rádio na Escola marca presença na 22° Feira do Livro de Ijuí

10743830_721455824611691_1736484331_n

Esta semana é de literatura em Ijuí. Os livros dominam a cidade durante a realização da  25° Feira do Livro Infantil do SESC e 22° Feira do Livro de Ijuí, que acontece desde ontem. O curso de Comunicação Social da Unijuí também está presente na Feira através do projeto Rádio na Escola, coordenado pela professora Rúbia Schwanke, que tem um espaço fixo durante os dias do evento: das 09h às 21h no Anfiteatro da Praça da República.

Foram convidadas para participar da Feira as escolas que possuem rádios educativas implantadas por meio do projeto. Uma das participações confirmadas é da Rádio Colmeia, da escola municipal Rui Ramos. A escola ficou responsável por animar a programação na tarde de hoje. O tema gerador do programa é a reciclagem de lixo e a correta destinação dos resíduos, tema que vem sendo trabalhado na escola durante o ano de 2014. Segundo Rúbia,  “a escola fará um apelo para que a população compareça à feira, distribuindo flyers e colocando à disposição da comunidade um espaço para a coleta do lixo eletrônico”.

De acordo a coordenadora do Rádio na Escola, a participação na feira é importante para dar visibilidade ao trabalho realizado: “Os alunos neste momento têm a possibilidade de exercitarem as habilidades adquiridas, ao apresentarem a programação da rádio da sua escola para a população”.

O projeto Rádio, Tecnologias e Empreendedorismo na Escola tem como base conceitual a educomunicação. Faz parte do processo inicial de execução do projeto a implantação de rádios educativas nas escolas, que servem como um canal de comunicação, expressão e desenvolvimento de habilidades por parte dos alunos.

O projeto Rádio na Escola, não é a única atividade que será permanente na Feira. Confira as demais atrações que podem ser conferidas das 09h às 21h:

*Comercialização de livros

Local: Espaço Livreiros

*Mostra de Trabalhos e Projetos Pedagógicos das Escolas

Local: Espaço SMED e 36ª CRE

*Espaço Cultural da UETI

Local: Espaço das Etnias

Além disso, várias outras atividades são realizadas na Feira como lançamento de livros, palestras, oficinas de dança e muito mais.

8° Prêmio Universitário de Publicidade da Unifra está com inscrições abertas

1780894_705443529540197_238673913487880677_n

Estão abertas as inscrições para o 8° Prêmio Universitário de Publicidade da Unifra. A participação pode ser confirmada até o dia 04 de novembro no site do Centro Universitário Franciscano. Para acadêmicos que não são da Unifra o custo para inscrever um trabalho é de R$ 15,00. A partir do segundo trabalho o valor cobrado é R$ 10,00 por peça.  O objetivo do prêmio é avaliar, valorizar e premiar peças publicitárias criadas em atividades acadêmicas única e exclusivamente dos cursos de Publicidade e Propaganda, Rádio e TV, Cinema e Produção Audiovisual de Instituições de Ensino Superior da região Sul.

São seis categorias para inscrição de trabalhos: Fotografia, Impresso, Eletrônico, Campanha, Agência Experimental e Projeto Experimental. Exceto essa última, todas as demais categorias são subdivididas em modalidades:

FOTOGRAFIA: Fotografia Publicitária e Fotografia Livre

IMPRESSO: Anúncio e Cartaz

ELETRÔNICO: Filme Publicitário, Videoclipe, Vídeo Livre, Spot, Jingle e Áudio Livre

CAMPANHA: Campanha Comercial e Institucional

AGÊNCIA EXPERIMENTAL: Campanhas e Portfólios

PROJETO EXPERIMENTAL:

Os critérios de avaliação utilizadas serão: criatividade, originalidade e adequação. A entrega dos prêmios do 8º Prêmio Universitário de Publicidade ocorrerá no dia 20 de novembro, no auditório da Cesma (Rua Prof. Braga, 55 – Santa Maria – RS, 97015-530), às 20h30min. A premiação compreende as classificações OURO, PRATA e BRONZE.

Mais informações podem ser acessadas aqui.

Gênero, etnia e mídia em pauta na Unijuí

Convite Gênero Raça Etnia na Mídia 2014 Unijuí

Depois da palestra sobre a pesquisa “Jovem e Consumo Midiático em Tempos de Convergência” com Nilda Jacks e Mariângela Toaldo, professoras e doutoras da UFRGS, é hora de acompanhar a palestra “Gênero e raça/etnia na mídia”. Quem aborda o assunto é a professora doutora Sátira Pereira Machado. O evento acontece na próxima quinta-feira, dia 30, na sala COM 04, a partir das 19h. Os alunos que participarem da palestra receberão certificado de horas.

Sobre a palestrante:

StiraMachadoDoutora em Ciências da Comunicação pela Unisinos, Mestre em Letras pela PUCRS, Aperfeiçoamento em Letras/CNPq (1998), Jornalista pela Famecos/PUCRS (1995), magistério pelo Instituto de Educação (1988). Professora de Educomunicação e de Gênero e Raça/Etnia no Curso de Gestão da Educação na Faced/PUCRS. Professora associada ao Grupo de Pesquisa “Educomunicação e Produção Cultural Afro-Brasileira – EDUCOMAFRO” e ao NEABI da PUCRS. Diretora de Relações Internacionais da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as ABPN (Gestão 2014-2016). Membro da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação – ABPEducom. Coordenadora Executiva do projeto Gênero e Raça/Etnia na Mídia e do projeto RS Negro: educando para a diversidade (http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/rsnegro/). Já foi titular da Coordenadoria Estadual de Políticas de Igualdade Racial do RS (Copir/RS), membro do Conselho de Desenvolvimento e Participação da Comunidade Negra do RS (Codene) e consultora da OIT e do PNUD, órgãos da ONU. Principais temáticas: comunicação, educomunicação, infância, gênero e raça/etnia.

Palestra na Unijuí destaca pesquisa sobre Jovem e Consumo Midiático

Nesta quarta-feira, dia 22, a partir das 20h, na sala COM 04 – câmpus Ijuí, Nilda Jacks e Mariângela Toaldo, professoras e doutoras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, estarão na Unijuí para apresentar a pesquisa “Jovem e Consumo Midiático em Tempos de Convergência”. O foco do trabalho foi a análise das práticas dos jovens brasileiros na internet.

O evento também é destinado ao lançamento de dois livros pelas professoras. As produções podem ser adquiridas, cada uma, por 40 reais:

Meios e Audiências II: a consolidação dos estudos de recepção do Brasil:

meios-e-audiencias-ii

Coordenado e organizado por Nilda Jacks, apresenta um mapeamento realizado na primeira década dos anos 2000 sobre os estudos de recepção no Brasil, por uma equipe de pesquisadores. Ao aprofundar e ampliar os estudos sobre a recepção produzidos na década de 1990, o volume é o resultado de uma minuciosa análise das teses e dissertações no âmbito da pós-graduação em comunicação, voltadas ao estudo da relação entre as pessoas e os meios de comunicação social.

Brasil em números: dados para pesquisas de comunicação e cultura em contextos regionais

capa-brasil-em-nc3bameros-cc3b3pia

Organizado por Mariângela M. Toaldo e coordenado por Nilda Jacks, é fruto do trabalho da Rede Brasil Conectado, grupo formado por pesquisadores de universidades de todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal. O levantamento de dados apresentado identifica os contextos estaduais que permitiram desenvolver um estudo nacional sobre consumo midiático entre jovens brasileiros em tempo de convergência. O material contempla um resumo de informações sobre a história, economia, geografia, educação, cultura, religião, renda, demografia, tecnologia, estrutura midiática tradicional e digital. Esses dados são oriundos de fontes secundárias e primárias. A intenção é compartilhar um panorama com pesquisadores da comunicação e áreas afins, calcado em dados que podem contribuir para um maior conhecimento das diferentes realidades que constituem o Brasil, caracterizando seus contextos e suas diferenças, de acordo com as etapas de desenvolvimento de cada região.