Sobre Usina de Ideias

A Usina de Ideias é a agência experimental de comunicação do curso de Comunicação Social da UNIJUI. É um espaço pedagógico que tem como objetivo colocar os alunos em contato com a realidade do mercado, atendendo clientes internos da Universidade e externos a ela.

PlayCom: tire suas dúvidas com a Usina

O Playcom está chegando, então fique ligado no prazo das inscrições que encerra no dia 02 de junho. As inscrições e o regulamento estão disponíveis no Portal da Unijuí.

PLAYCOM

Como muitas dúvidas ainda estão chegando até a gente, selecionamos algumas e elaboramos um questionário para auxiliá-los.

Confira:

– Em que dias acontece o Playcom?

Dos dias 06 a 09 de junho.

– O que é o Playcom?

É um desafio em que equipes compostas por alunos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo devem desenvolver uma campanha para um cliente real, de causa social, indicado pela Comissão Organizadora.

– Quem pode participar do PlayCOM?

Alunos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo, devidamente matriculados na Unijuí.

– Quantas pessoas eu posso ter na equipe?

De 4 a 6 integrantes, podendo ser acadêmicos de diferentes semestres. A obrigatoriedade, no entanto, é ter pelo menos um aluno do outro curso.

– Todos os integrantes precisam se inscrever?

Sim. A inscrição deve ser feita de forma individual, indicando o nome da equipe no ato. Vale salientar que as inscrições só serão validadas após o pagamento.

– Qual o valor da inscrição?

R$ 10,00 por participante

– Qual é a função do padrinho?

O padrinho será o mentor da equipe. Ele poderá auxiliar no processo de planejamento e criação no sentido de orientar a equipe, porém NUNCA na execução. Podendo auxiliar também na organização da apresentação e defesa da campanha. O objetivo é que o padrinho/madrinha sugiram ideias e modificações, essas podendo ser avaliadas pela equipe se serão acatadas ou não.

– O padrinho tem que participar todos os dias?

Não. A mentoria dos padrinhos pode, inclusive, ser à distância. No entanto, se os mesmos puderem participar de algum dia do processo criativo que vai acontecer no evento, também é interessante para a troca de conhecimento com toda equipe.

– Quem pode ser o “padrinho”?

Um profissional formado em Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Relações Públicas e/ou que atue no mercado na área de comunicação.

– Até quando deve ser dado o nome do “padrinho”?

Até o dia 06 de junho, às 19h30, junto à equipe organizadora do evento.

– Quais são as categorias da premiação?

* Melhor campanha segundo o JÚRI PROFISSIONAL;

* Melhor campanha segundo JÚRI POPULAR.

– Todas as campanhas participam do JÚRI POPULAR?

Não. Só vão para votação do Júri Popular as 5 melhores campanhas eleitas pelo Júri Profissional. A equipe vencedora eleita pelo Júri Profissional também poderá concorrer ao prêmio pelo Júri Popular.

– Como será a votação por JÚRI POPULAR?

É definida pelo voto das equipes participantes e público em geral, realizada via enquete no Blog da Usina de Ideias, nos dias após a apresentação das campanhas.

– Quais os prêmios?

Júri profissional: certificado individual do Playcom + R$ 300,00 de premiação para a equipe.

Júri popular: certificado individual do Playcom + R$ 100,00 de premiação para a equipe.

– O que as equipe vão receber de material de auxilio?

O material com informações básicas do briefing. Além disso, poderão utilizar o espaço do Salão Azul e laboratórios de informática. A equipe organizadora e alguns mentores estarão sempre disponíveis nesses locais para tirar dúvidas e auxiliar no que for necessário.

– Até quando deve ser entregar a campanha?

Até o dia 08 de junho, às 21h15, na Usina de Ideias. Após esse horário a porta será fechada e não haverá mais o recebimento das campanhas.

– E de que forma devem entregar?

O material deverá ser levado até a Usina de Ideias por um representante da equipe em pendrive. Lá, o conteúdo será passado para uma pasta com o nome da equipe em um HD externo. A Usina de Ideias não se responsabiliza por problemas nos arquivos.

– Só preciso entregar as peças da campanha?

Não. Junto às peças devem entregar um texto argumentativo sobre a ideia da campanha.

– Quando vai ser a apresentação?

No dia 09 de junho, a partir das 19h30.

– Qual a ordem de apresentação e quanto tempo terão?

A ordem será por meio de sorteio realizado no dia 08 de junho e divulgado no Blog da Usina de Ideias. As equipe terão de 10 a 15 minutos para apresentação.

– Quero ganhar o certificado de horas, mas não quero participar como equipe. É possível?

Sim. Basta escrever no espaço “Nome da Equipe”, no momento da inscrição, Voluntário Organização ou Voluntário Cobertura. Se estiver inscrito em uma dessas categorias, poderá vir nos dias do evento e participar das atividades que forem encaminhadas pela organização do evento, garantido assim o certificado de horas de participação no evento.

– O que fazem os voluntários?

O Voluntário Organização estará trabalhando em conjunto com a Comissão Organizadora, auxiliando nas demandas realizadas por eles. Já o Voluntário Cobertura, irá participar da cobertura de todo o evento, recebendo os devidos créditos para texto, foto e vídeo. Os acadêmicos dos dois cursos podem se candidatar para ambas funções.

– Se eu não quiser participar nem como equipe, nem como voluntário vou ganhar falta?

Nesse caso os alunos devem seguir a orientação dos professores de cada disciplina em que estão alocados nos dias do evento. É importante conversar com os professores antes para saber qual é a orientação.

 

Mais dúvidas ou informações podem ser tiradas com a Comissão Organizadora, pelo email: usina@unijui.edu.br ou pelo telefone (55) 3332-0200 Ramal 3110. Não deixe de conferir o Regulamento.

Desafio Criativo PlayCOM está com inscrições abertas

Com data marcada para acontecer de 06 a 09 de junho de 2017, o Desafio Criativo PlayCOM é destinado para acadêmicos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo. O objetivo é proporcionar uma relação próxima do mercado de trabalho, por meio da competição onde os acadêmicos, organizados em equipes, terão dois dias para desenvolver uma campanha para um cliente real, vinculado a uma causa social.

Inscrições Abertas

As equipes podem receber orientação de um “padrinho”, profissional formado em Publicidade e Propaganda ou Jornalismo, e/ou que atua no mercado na área de comunicação. A escolha deste, é feita pela equipe, e não é obrigatória. O “padrinho” serve como um mentor, orienta o processo criativo e de construção das estratégias de comunicação da campanha. Cabe salientar ainda que os professores do curso não podem ser padrinhos.

As equipes devem conter de 4 a 6 acadêmicos, e precisam prever integrantes de ambos os cursos, mesclando estudantes de diferentes semestres. Cada integrante deve realizar a inscrição de forma individual, devendo indicar o nome da equipe da qual fizer parte. A inscrição deve ser feita pelo site da Unijuí ao valor de R$ 10,00.

O Playcom será dividido em duas categorias, que são: Melhor Campanha segundo o Juri Profissional; e Melhor Campanha segundo o Júri Popular, esta segunda, definida pelo voto das equipes participantes e público em geral, realizada via enquete no Blog da Usina de Ideias, nos dias após a apresentação das campanhas. Participam do julgamento pelo Júri Popular as cinco melhores campanhas eleitas pelo Júri Profissional.

A equipe vencedora da categoria Juri Profissional receberá um certificado individual do Playcom e mais R$ 300,00 de premiação para a equipe. Já a equipe vencedora na categoria Júri Popular receberá um certificado individual do evento e mais R$ 100,00 de premiação para a equipe.

Confira o Regulamento completo, mobilize sua equipe e participe!

Aula aberta de Jornalismo Especializado permite troca de conhecimentos entre colunista da ZH e alunos do curso

Na oportunidade, além da palestra com Vanessa Scalei, que é editora assistente e colunista de TV em ZH, acadêmicos da disciplina de Jornalismo Digital lançaram site de notícias

Os alunos de Jornalismo da Unijuí tiveram uma aula diferenciada na noite de terça-feira, 16 maio. A aula aberta do 5º semestre de Jornalismo Especializado, disciplina ministrada pela professora Lara Nasi, contou com participação da editora assistente e colunista de TV na Zero Hora, Vanessa Scalei. Na oportunidade, houve também o lançamento do site de notícias Redação K1, apresentado pelos alunos responsáveis pela criação de conteúdo do portal.

IMG_8811

Foto: Leonardo Melo

A colunista relatou sua trajetória até chegar na ZH e compartilhou experiências práticas sobre a produção na editoria de cultural. De acordo com ela, a importância do jornalismo cultural está em apresentar para a sociedade as produções culturais em diversas manifestações, assim como lançar luz a conteúdos relevantes do meio. Ela avalia que o jornalismo cultural cresce e conquista espaço cada vez mais. “Vivemos em uma realidade em que as pessoas já não querem só saber de política, economia e outros, as pessoas querem mais. Elas buscam novos conteúdos, o que faz com que o jornalismo cultural seja um mercado crescente”, aponta.

Para o acadêmico Eduardo Padilha, as aulas abertas que contam com profissionais da área permitem a troca de experiências. “Estamos em um período avançado do curso e é fundamental que além da teoria, tenhamos contato com experiências de pessoas que vivem o jornalismo diariamente”, argumenta.

O coordenador do curso de Jornalismo da Unijuí, Marcio Granez reforça que as aulas abertas, são momentos no qual a universidade permite a síntese entre teoria e prática. Diante disso, avalia as palestras como importantes para a formação acadêmica e profissional dos alunos.

 

Lançamento do Redação K1

Na abertura da aula, acadêmicos do quinto semestre apresentaram o site Redação K1, produzido na disciplina de Jornalismo Digital. Conforme a professora da disciplina, Lara Nasi, o objetivo do K1 é possibilitar a prática em jornalismo digital. “Pensar o digital apenas na perspectiva teórica não daria a dimensão do que é trabalhar com a publicação de conteúdos jornalísticos para a internet. O Redação K1 funciona como a continuidade de projeto bem sucedido on-line, criado em 2013, mas agora com uma nova cara e possibilitando uma experiência ao vivo do digital e das teorias trabalhadas em aula”, afirma.

IMG_8797

Foto: Leonardo Melo

Conforme a aluna do 5º semestre de Jornalismo e uma das responsáveis pelas rede sociais do projeto, Fabiane Madril, o site traz perspectivas diferentes sobre as pautas já abordadas pelo jornalismo tradicional. Ela ressalta que a linguagem das matérias é formal, porém direta. Desse modo os alunos conseguem promover um diálogo com os leitores e provocar reflexões na comunidade, uma vez que os temas são de interesses sociais.

O aluno Jardel Hillesheim, um dos responsáveis por editar as matérias que são vinculadas no portal, contou que os alunos optaram por noticiar pautas que envolvem os municípios de Ijuí, Coronel Barros, Entre Ijuís, Santo Ângelo, Giruá e Santa Rosa. Ele explica os municípios foram escolhidos a partir de um debate entre os colegas, que observaram que poderiam acompanhar e produzir pautas em seus respectivos municípios.

A equipe é formada pelos acadêmicos Caroline Gonçalves Bastista, Dionatan Gabbi Pezzetta, Eduardo de Vargas Padilha, Fabiane Borges Madril, Giuli Ana Izolan, Jardel Hillesheim, João Guilherme Cardoso Gomes, Juliana Andretta, Julio Scarpellini dos Santos, Lara Cristina dos Santos, Laura de Moura Pimentel, Louise Gabriele Neyman Rakoski, Natan Pipper Torzeschi, Róbson Daniel Bremm Gomes e Zacarias Júnior Lima John.

Texto: Robson Gomes acadêmico de Jornalismo

Curso de Jornalismo lança série temática para abordar questão ambiental em Ijuí

O projeto “Ambiente-se, você faz parte todo” é produção de disciplinas da ênfase curricular em Multimídia

18404054_1164768213651008_4941133754236438622_o

Para lançar um debate sobre um dos grandes temas contemporâneos, a turma do sétimo semestre de Jornalismo propôs uma série em que aborda a temática ambiental com vídeos curtos, áudios em linguagem bem-humorada, dicas educativas e reportagens em diferentes linguagens: texto, foto, vídeo. A produção faz parte da ênfase em multimídia do curso, que neste ano conta com as disciplinas de Produção Multimídia II, Produção de Vídeo II, Produção de Áudio II e Produção de Foto II.

Uma página no Facebook agrega os conteúdos produzidos para outras mídias, como os sites medium e YouTube, e a produção em áudio será veiculada no rádio. Para a etapa de preparação, a professora Francesca Ferreira, coordenadora do curso de Biologia da Unijuí e presidente da Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan) foi convidada para uma aula de Produção Multimídia II, para conversar com a turma sobre os principais problemas e questões ambientais do município. A partir disso, em grupos, os acadêmicos fizeram pesquisas sobre a temática e organizaram oito pautas, que serão publicadas todas as quintas-feiras na página do Facebook. A primeira delas, que foi publicada nessa quinta, 11, tem justamente a professora Francesca como fonte.

Já para a produção em áudio, os alunos da ênfase estão trabalhando com uma série de programetes em formato de tiras radiofônicas. Foram criados personagens que  representam questões relacionadas ao meio ambiente, como: família plástico, dona borra de café, senhora casca (representando a casca de banana), a latinha, entre outros. As tiras estão sendo produzidas em grupos, com a perspectiva de que por meio de uma linguagem bem humorada e simples, utilizando recursos como voz, interpretação, efeitos sonoros e música, o conteúdo crie uma maior proximidade com o receptor e possa sensibilizá-lo para a questão de que o ambiente em que vivemos é de todos e, portanto, a responsabilidade também é de todos. Colaborou com a reflexão sobre o tema da ênfase em Produção de Áudio I, o professor do Mestrado em Direitos Humanos, Daniel Cenci.

Paralelamente à produção para a internet e para o rádio, os acadêmicos também estão produzindo documentários na disciplina de Produção de Vídeo II. As produções abrangem o ciclo das águas na região, o saneamento básico, a relação entre seres humanos e animais, e ainda as plantas medicinais e os princípios ativos nos sistemas agroflorestais.

Na postagem que apresenta o projeto no Facebook, destaca-se a necessidade de se pensar nas ações individuais, articuladas às políticas públicas: “O que fazemos individualmente importa, mas atitudes isoladas não mudam cenários. Precisamos pensar o individual e o coletivo de modo imbricado, lembrar que somos parte do todo, e que para viver num mundo melhor, hoje e no futuro, a responsabilidade, em ações ou em cobrança por políticas públicas, passa por nós.”

As disciplinas da ênfase são ministradas pelas professoras Lara Nasi (Produção Multimídia e Produção de Foto), Vera Raddatz (Produção de Áudio) e Celestino Perin (Produção de Vídeo).

Jornalismo Especializado terá aula aberta com Vanessa Scalei

Editora assistente e colunista de TV em Zero Hora, Vanessa compartilhará experiências da prática em Jornalismo Cultural

Na terça-feira, 16 de maio, a aula de Jornalismo Especializado, que geralmente acontece na sala K1, será em uma sala maior. Isso porque a turma recebe como convidada a repórter, editora assistente e colunista de TV em Zero Hora, Vanessa Scalei. E expande o espaço para receber acadêmicos de Jornalismo de outras turmas em uma aula aberta sobre Jornalismo Cultural.

13450248_1072086336199873_2661193869070450437_nVanessa, que é ijuiense, atua há sete anos no jornal Zero Hora, onde já passou pelas editorias de Interior, Política, Geral e Capa, antes de iniciar no Jornalismo Cultural. Desde 2014 integra a equipe do Segundo Caderno, em que hoje tem uma coluna de TV e é editora assistente. Ela também já atuou como jornalista em Ijuí e foi editora-chefe do Jornal da Manhã. Graduada em Jornalismo pela UFSM, fez mestrado em Comunicação e Informação na UFRGS e também já atuou como professora na Unicruz em 2010. Atualmente cursa especialização em Televisão e Convergência Digital na Unisinos.

Para a aula de Jornalismo Especializado, que aborda as diferentes possibilidades de especializações no jornalismo, Vanessa vai compartilhar o que é importante saber e fazer para atuar no jornalismo cultural, compartilhar sua trajetória profissional e aspectos da prática especializada.

Neste semestre, já participaram de aulas da disciplina os convidados Pedro Aguiar, do Rio de Janeiro, em teleconferência sobre Jornalismo Internacional; o repórter de Jornalismo Econômico da ZH Cadu Caldas, também em teleconferência, e o repórter de jornalismo esportivo ijuiense Luiz Henrique Berger.

A aula aberta desta terça, 16, inicia às 19h30, na sala COM 4, e é aberta aos acadêmicos de Jornalismo e de outras áreas da comunicação, além de demais interessados.

Nesta mesma noite, a turma de Jornalismo Digital irá fazer o lançamento do Redação K1. Por isso não deixe de participar!

Acadêmicos de Jornalismo lançam site de notícias

Redação K1 é produção é da turma de Jornalismo Digital e aborda pautas da Região Noroeste

 K1

A prática da produção de jornalismo para a internet leva em conta diversos aspectos: a linguagem, a adequação ao tempo para publicação, a checagem, o uso de hiperlinks, a interatividade e o padrão de acessos às produções. Testar todos esses aspectos na prática seria impossível sem publicar as produções. Por isso, mais uma vez, reestreia o Redação K1, projeto elaborado por estudantes de jornalismo da Unijuí.

O Redação K1 existe desde 2013. Criado em 2013, com a coordenação do professor Felipe Dorneles, era utilizado para a prática de disciplinas relacionadas a produções multimídia e digitais. Dessa vez, o projeto retorna em um novo endereço, mas com a mesma fanpage no Facebook. O nome faz referência à sala de aula geralmente utilizada das disciplinas práticas. Nesse ano, a turma de jornalismo digital está na sala K2/3, mas mantém a identidade do projeto. O projeto desta vez é orientado pela professora Lara Nasi.

O Redação K1 mantém o caráter informativo, com o compartilhamento de notícias que envolvem os municípios de Ijuí, Coronel Barros, Entre Ijuís, Santo Ângelo, Giruáe Santa Rosa. A equipe responsável pelo Redação K1 em 2017 é formada pelos acadêmicos/as Caroline Gonçalves Batista, Dionatan Gabbi Pezzetta, Eduardo de Vargas Padilha, Fabiane Borges Madril, Giuli Ana Izolan, Jardel Hillesheim, João Guilherme Cardoso Gomes, Juliana Andretta, Julio Scarpellini dos Santos, Lara Cristina dos Santos, Laura de Moura Pimentel, Laura Degliuomini Lanzarin, Louise Gabriele Neyman Rakoski, Natan Pipper Torzeschi, Róbson Daniel Bremm Gomes e Zacarias Júnior Lima John.

Por: professora de Jornalismo Lara Nasi

Inscrições para o Salão do Conhecimento estão abertas

download-jpg1494368210

O Salão do Conhecimento 2017, que acontece dos dias 25 a 29 de setembro, está com inscrições abertas. Neste ano, a temática é “A Matemática está em tudo”. A programação prevê seminários, palestras, painéis temáticos, mostras, oficinas, além das apresentações de pôsteres, que este ano terão algumas modificações em seu formato. A inscrição pode ser feita pelo site da Unijuí.

A primeira etapa das inscrições para submissão de trabalho encerram no dia 19 de junho, no valor de R$ 60,00, já a segunda etapa vai do dia 20 a 26 de junho no valor de R$ 90,00, taxa adicional para o segundo trabalho R$ 30,00. A inscrições para bolsistas da Unijuí acontece dos dias 03 a 20 de julho no valor de R$ 60,00. Já para participante sem submissão de trabalho a primeira etapa vai até o dia 31 de agosto no valor de R$ 30,00, e a segunda etapa de 01 a 26 de setembro no valor de R$ 30,00, sem recebimento de brinde. Todas estas podendo ser feitas pelo site.

 

O Salão do Conhecimento da Unijuí tem o objetivo de divulgar a produção em pesquisa e extensão que permite a socialização de experiências e a reflexão sobre as atividades desenvolvidas na própria universidade e em demais instituições participantes, nas diversas áreas de conhecimento, possibilitando aos autores, pesquisadores, extensionistas, estudantes de Ensino Fundamental e Médio, de graduação e de pós-graduação, um espaço de diálogo, de socialização e de troca de conhecimento e experiências entre si e com a comunidade acadêmica e externa. O evento acontece anualmente nos campi de Ijuí, Panambi, Três Passos e Santa Rosa. A programação inclui seminários, palestras, painéis temáticos, mostras e oficinas.

Confira mais informações e o regulamento completo no site da Unijuí, e não deixe de participar!