Intercom Sul 2018: dicas para a produção de artigo científico

 

intercom sulO meio acadêmico nos possibilita inúmeros aprendizados, entre eles, a produção de artigos científicos. Ao desenvolver uma pesquisa, o autor tem a possibilidade de fazer novas descobertas a respeito do tema que escolheu, além de ser um porta-voz. Ele tem a chance de estar mais envolvido com a sua futura área de atuação por maio da pesquisa dos temas que lhe prendem atenção. Cabe ressaltar também que ao desenvolver e publicar uma pesquisa, o autor/pesquisador aumenta sua rede de contatos, tem a possibilidade de trocar conhecimento com outros autores e consegue ainda qualificar o seu currículo.

Para os acadêmicos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, o Congresso de Comunicação – Intercom é o espaço perfeito para essa troca de saberes. Além das oficinas oferecidas durante a programação, os alunos têm a possibilidade de inscrever trabalhos desenvolvidos durante a graduação. Se aprovados, eles são publicados nos anais do evento, o que já torna o acadêmico um autor. Fabiane Madril, aluna de Jornalismo da UNIJUÍ, relata a experiência adquirida no desenvolvimento e apresentação do seu artigo: “Acredito que a experiência da pesquisa em si é revigorante, uma forma de explorar novas habilidades enquanto acadêmicos, assim como as noções reflexivas em torno da prática jornalística, por exemplo, a qual estamos mais acostumados. Por meio da produção e apresentação dos resultados de um artigo, em um grande evento da área como o Intercom, temos a possibilidade de propagar conhecimento, fortalecer a oratória e também somar na construção de conhecimento coletivo. Vale muito a pena!”.

Escrever um artigo não é tão difícil quanto se imagina. O primeiro passo é ter vontade de pesquisar e dedicação para não perder o foco do tema escolhido. Para te ajudar selecionamos alguns trabalhos apresentados no Intercom 2017 para você se inspirar a escrever um bom e conceituado artigo científico:

Trabalho submetido ao Intercom Júnior:

Curso de Jornalismo – 1992 e 2016: impeachment sob um olhar semiótico

Curso de Publicidade e Propaganda – A Cultura do Branqueamento como “Inclusão” dos Negros na Publicidade?

Trabalho submetido em Divisões Temáticas:

Modalidade Comunicação Multimídia – (Re)pensando o espaço da recepção em tempos de convergência midiática

Modalidade Comunicação, Espaço e Cidadania – A Comunicação na Perspectiva das Rádios Comunitárias e a Construção de Identidade

Sabemos que não há uma fórmula mágica que nos faça escrever um artigo científico da noite para o dia, mas não se desespere! Separamos algumas dicas que vão te auxiliar na produção do seu artigo. Confere aí:

Começando pelo Título

  • Deve ser curto;
  • Deve ser fiel ao conteúdo;
  • Evite termos muito específicos.

Resumo

  • Deve ser criativo;
  • Resumos curtos geralmente são lidos, então não se estenda muito;
  • Inclua termos que não aparecem em lugar algum do texto.

Introdução

  • Deve ser clara e curta, indo diretamente ao ponto (objetivo ou conclusão do estudo);
  • Fundamente todos os aspectos do objeto;
  • Seja audacioso, apresente sua principal conclusão;
  • Não se prenda a estruturas-padrão, inove!;

Métodos

  • Seja minucioso, sem cair no exagero dos detalhes;
  • Zelar pela sequência de apresentação;
  • Apresente o texto em tópicos;
  • Use siglas de melhor entendimento e memorização.

Resultados

  • Só inclua os resultados necessários para sustentar as conclusões;
  • Redija os resultados no passado;
  • Para mostrar variações, prefira figuras; para mostrar números absolutos, prefira tabelas;
  • Prefira representações gráficas simples.

Discussão

  • Conduza a discussão como uma argumentação lógica;
  • Exclua excesso de literatura;
  • Discuta todos os resultados apresentados;
  • Evite apresentar muitas conclusões;
Fonte: Livro “Dicas para Redação Científica”, de Gilson Volpato

E aí, preparado para começar a produzir? Se você quer escrever um artigo para submeter ou já tem algum inédito prontinho e quer participar, é muito simples, basta acessar o link para efetuar sua inscrição.

O Intercom oferece duas categorias para você inscrever, são elas: Divisões Temáticas (DTS) e Intercom Junior (IJ).  Você deve estar atento às normas do evento. Para que não haja confusão na hora de escolher em qual categoria você vai submeter, leia com cuidado o Regulamento.

Observe ainda as exigências quanto às normas para submissão do trabalho. O Intercom oferece um padrão de formatação específico que deve ser seguido. Para você ter acesso a ele, basta clicar no arquivo abaixo e fazer o download. Nele você encontra o passo a passo do artigo, com exemplificações das normas. É só seguir as orientações que o sucesso da formatação é garantido.

Modelo de Artigo Padrão Intercom Sul 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s