Programação especial marca 21 anos de TV OVO

NEM

Para comemorar seus 21 anos, a TV OVO preparou neste mês uma série de atividades. Uma programação voltada para a cultura, a comunicação, o jornalismo e a reflexão e o debate destes temas foi organizada para acontecer de 06 a 13 de maio.

A primeira atividade será um workshop de reportagem cinematográfica no sábado, dia 06, com Lúcio Alves, repórter cinematográfico da TV Globo Brasília. O workshop, acontece das 8h às 12h e das 14h às 18h, na sede da TV OVO, os participantes poderão experimentar na prática e refletir sobre os elementos para a construção de uma narrativa fotográfica para reportagem especial. São 20 vagas ofertadas. As inscrições podem ser feitas até 04 de maio pelo formulário, no valor de R$ 60 integral e R$ 30 meia. As vagas são confirmadas através do pagamento na sede da TV OVO até o dia 04.

Na segunda feira, dia 08, a programação traz o Colóquio novas formas de fazer jornalismo. O debate contará com a presença da Cláudia Schulz, da Mídia Ninja, de Caio Cavechini, do Profissão Repórter e de Sérgio Lüdtke, do Interatores, escola de consultoria em mídias digitais de Porto Alegre. O colóquio será no Theatro Treze de Maio, às 20h30. A mediação é da professora Laura Storch do Departamento de Comunicação da UFSM. A entrada é gratuita e as senhas para estudantes e professores podem ser retiradas nas coordenações dos cursos de Jornalismo de Santa Maria e Região, e para o público em geral, na bilheteria do teatro a partir do dia 02 de maio.

Já na quarta-feira, 10 de maio, acontecerá o pré-lançamento do documentário #Resistência no Clube Comercial (Rua Venâncio Aires, 1972), às 20h30. O filme é dirigido e narrado por Eliza Capai, que frequentou o #OcupaAlesp, #OcupaMinc-RJ, #OcupaFunart-SP, a Marcha das Vadias RJ e a Parada LGBTT de São Paulo. Durante os meses interinos de Michel Temer, ela acompanhou as ocupações aos prédios públicos e às ruas, dando voz aos seus protagonistas. Após o documentário, terá debate com a diretora. Eliza atua desde 2001 como documentarista e com temáticas relacionadas à cultura, gênero e sociedade. Dirigiu os filmes Cicloativistas e Severinas. Em 2015, viajou um mês pela Angola, onde surgiu o thriller É proibido falar em Angola, sobre os presos políticos do país e o Especial Angola. Já ganhou inúmero prêmios. A entrada é gratuita.

Na quinta-feira, dia 11, será realizado o Colóquio Narrativas Audiovisuais e Informações, que contará com a presença do jornalista Marcelo Canellas, da comentarista Elisa Capai e da jornalista e fundadora da Rede de Jornalistas Livres, Laura Capriglione. O debate permeará questões acerca de como contar histórias e a relação com o outro, pensando nas linguagens audiovisuais que perpassam a reportagem televisiva, vídeos informativos para a internet e o documentário. A atividade acontece no Theatro Treze de Maio, às 20h30. A entrada é gratuita por meio da retirada de senhas a partir do dia 02 de maio.

E para encerrar a programação, no sábado, dia 13, acontecerá o lançamento dos documentários sobre os distritos de São Valentin, dirigido por Jaiana Garcia e Santo Antão, dirigido por Marcos Borba, no Livro Livre da Feira do Livro, às 19h. Haverá bate-papo com os diretores após a exibição.

Os colóquios e o lançamento dos documentários da TV OVO integram a programação da 44ª Feira do Livro de Santa Maria. Dúvidas e/ou informações pelo e-mail tvovo@tvovo.org, pelos telefones 3026 3029 ou por mensagem inbox pela página da TV OVO.