A mulher na publicidade

Em setembro do ano passado a deputada federal Erika Kokay (PT-DF) enviou à Câmara um projeto de lei que prevê a proibição de publicidade que exponha ou estimule agressão ou violência sexual contra mulheres. Se a proposta for aprovada, toda publicidade impressa, eletrônica ou audiovisual que desrespeitar as regras poderá ser retirada de veiculação e as agências responsáveis podem levar uma advertência e uma multa que varia entre R$5 mil e R$200 mil.

Mulheres na Publicidade

Segundo Márcia Regina Conceição de Almeida, professora de Publicidade e Propaganda, do Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação (DACEC), a lei pode funcionar por causa da punição o que incentivaria uma mudança de orientação por parte das instituições. Ela afirma, também, que a imagem da mulher, em muitas publicidades, principalmente as de moda, ainda tem como destaque o corpo, as formas e medidas consideradas perfeitas.

Mesmo assim, pode-se perceber uma tentativa de mudança, como, por exemplo, a Skol, uma marca de cerveja que sempre trouxe o corpo da mulher como forma de vender seu produto e que no começo deste ano convidou algumas artistas como Carol Rosseti, Eva Uviedo e Tainá Criola para recriar cartazes considerados ofensivos, em uma campanha que lhe rendeu muitos elogios.

“Levando em consideração outras campanhas e agências que tem se levantado em ativismo, penso que estamos avançando no que tange as diversas formas de preconceito. A Skol dá visibilidade a esta mudança pela legitimidade de ter um histórico de objetificação da imagem da mulher e se reinventa, surpreendendo pela aderência do seu novo mote publicitário com a venda do produto. Ele continua falando do seu universo “redondo”, mas empodera o representativo, em pessoas de diversas formas, cores, desejos e sentimentos”, explica Márcia.

O projeto está sendo analisado pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, Defesa dos Direitos da Mulher, de Constituição e Justiça, e de Cidadania.

Por Manuela Joana Engster, acadêmica de Jornalismo.

barra blog

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s