E aí? Vamos fazer diferente?

Já passou da hora de repensarmos a publicidade, assim como os nossos (pré) conceitos. Em pleno 2016 muitas marcas continuam explorando o corpo feminino e as banalizando. Continuamos com muitas propagandas clichês e um tanto óbvias, onde os homens se encontram festejando com os amigos e surge uma mulher seminua que entrega a cerveja.

O mundo possui diversidades e estas também querem ser representadas e da maneira correta. É tudo muito superficial e com um descarado preconceito carregado com um tanto de machismo. Já estamos no momento onde as pessoas querem algo diferente, esperam pessoas diferentes e mais conscientes. Elas estão lutando por um mundo melhor e você já se questionou o importantíssimo papel da publicidade nessa construção? A publicidade é influenciadora, tem o dever de proporcionar reflexão, questionamento e também inclusão. Chega de usar formatos apelativos, de diminuir e banalizar.

                Podemos citar aqui alguns casos que estão tentando sair desses estereótipos, como é o caso da Heineken, que acredita e faz um formato diferente e inteligente em seus comerciais. Também podemos sair do mundo de bebidas alcoólicas e relembrar o caso da Adidas que respondeu muito bem os comentários homofóbicos em sua postagem (uma foto de um casal gay).

E aí? Vamos fazer diferente?

fsdfdsfds

Patrícia Beckmann

Acadêmica de Publicidade e Propaganda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s