Dicas para fazer uma boa entrevista

como fazer uam boa entrevistaA entrevista é uma das atividades essenciais do jornalista. Não há como fugir dela. Seja pessoalmente, por telefone, e-mail ou mesmo pelas plataformas como Facebook e Whatsapp, a entrevista e, óbvio, suas fontes, são o ponto chave para dar credibilidade às boas matérias jornalísticas. A entrevista pode impulsionar ou detonar uma matéria, dando vida à narração e compreensão aos acontecimentos.

No entanto, não há uma ciência exata para realizar uma entrevista. Mesmo assim, dominar algumas técnicas e preparar-se para cada entrevista pode dar vantagem aos jornalistas que pretendem arrancar boas respostas mesmo das fontes mais evasivas. Para ajuda-los a pensar e preparar-se, conduzindo boas entrevistas que resultarão em ótimas matérias, nós preparamos algumas dicas. Vamos a elas:

Resposta ao lead

O lead é a parte que deve, indiscutivelmente, constar em toda matéria. É o famoso: O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê? Você deverá ter, na maioria das vezes, essas respostas antes de entrevistar sua fonte. Mesmo assim se não as tiver, minimize os riscos e pergunte ao assessor, chegando ao entrevistado apenas com as perguntas necessárias ou conteúdo da entrevista.

Preparação

Antes de fazer uma entrevista é importante conhecer sua fonte. Quem é, em que área é especialista, seus últimos trabalhos, etc. Mesmo para fontes mais simples é necessária a preparação. Entender a situação e o contexto é importante para direcionar as perguntas e conduzir a entrevista para que a fonte responda questões importantes.

Fazer uma lista do que quer perguntar

Essa pode ser uma boa ideia, desde que o jornalista não preso a ela. Ter uma lista, especialmente em coletivas de imprensa é importante para guia-lo durante a enxurrada de perguntas. No entanto, é importante prestar atenção nas perguntas e, principalmente, nas respostas do entrevistado para não soar repetitivo ou ouvir um “como acabei de dizer”. É importante ressaltar que seguir a lista pode fazer com que se percam boas histórias como, por exemplo, quando o entrevistado responder a uma pergunta com alguma frase polêmica e você deixa passar por não querer sair do roteiro. Por isso, é importante – SEMPRE – ouvir atentamente cada resposta.

Perguntas curtas, mas sem respostas diretas

Ao preparar suas perguntas, preste atenção para evitar as que tenham respostas objetivas como “não“ ou “sim”. Mesmo assim, cuidado para manter as perguntas curtas e focadas para que o entrevistado não se perca e deixe alguma coisa sem resposta. E lembre-se sempre: mantenha sua opinião fora das perguntas.

Evite entrar em discussão com a fonte

Pode acontecer de a resposta ser contrária ao que você julga correto. Por isso, evite entrar em discussão com a fonte. Prefira pedir para que ela comente uma informação que você sabe ser verdadeira e veja como ela responda. Lembre-se sempre de questionar como é que ela sabe ou tem certeza de tal informação ou afirmação.

Peça exemplos

Se mesmo com todos seus questionamentos a fonte ainda insistir em responder brevemente, peça exemplos para comprovar suas afirmações. Isso fará com que ela desenvolva mais sua linha de raciocínio e enriqueça sua entrevista de informações importantes para o desenvolvimento da matéria.

Não tenha medo de perguntar

Lembre-se que você está representando seus leitores/ouvintes. Por isso não tenha medo de perguntar quantas vezes forem necessárias caso não entenda o contexto que o entrevistado está se referindo. Muitas vezes, em entrevistas técnicas, alguns termos que não conhecemos são usados, por isso, lembre-se de pedir aos entrevistados que utilizem palavras simples para que os leitores/ouvintes possam entender. Se ainda assim soar complicado, peça para que ele explique a situação de forma prática, citando um exemplo.

Respeite a fonte

A última, mas não menos importante dica é respeitar sua fonte. Não importa quem ou em que posição ela esteja. É a partir das informações repassadas por ela que será possível escrever sua matéria. Nunca se sabe quando deverá voltar até ela, então se lembre de sempre deixar portas abertas.

 

Essas são nossas dicas. Espero que leiam com atenção e aproveitem para fazer boas entrevistas e impressionar suas fontes. Nas próximas postagens vamos dar dicas de como escrever uma boa reportagem.

Até breve.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s