Portas que se abrem a todo momento

por onde anda2

O Por Onde Anda de hoje conta uma história repleta de experiências enriquecedoras. Conheça a trajetória de Deise Froelich!

Deise na Redação de Zero Hora

Deise na redação de Zero Hora

Ao colocar os pés pela primeira vez na Unijuí é como se o chão transformara-se em nuvens. Sonhadora, pude sim perceber que o céu era o limite, mas não deveria ser o lugar para se estar. Aos poucos, com a construção de conhecimento e as experiências que acumulava o solo que pisava já era mais firme, seguro. Então pude lançar os primeiros passos sob o chão mais sólido da comunicação.

Uma dos momentos cruciais para a qualificação da caminhada acadêmica foi ter sido bolsista de pesquisa do subprojeto Memória do Rádio Regional vinculado ao projeto “Fronteiras: a identidade fronteiriça nas ondas do rádio”, orientado pela professora Vera Raddatz, nome que junto a de outros professores marcaram não apenas minha memória, mas a escolha por uma caminhada de ética e constante busca pela qualificação.

Depois da conclusão do curso de Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo percebi que a porta que se abria chegava a outras tantas. O conhecimento construído e a maturidade que foi sendo alcançada ao longo da trajetória acadêmica, com o apoio de professores e colegas, deram coragem e suporte para assumir os desafios que viriam.

A oportunidade de assinar pela primeira vez como jornalista profissional foi dada pelo Grupo Multimídia, que em Ijuí produz os Jornais Classificadão e Correio Rural. A oportunidade de descobrir diferentes editorias e formas de abordagem permitiu maior dinamicidade ao desafio posterior: assumir a curadoria de conteúdo do ClicRBS, inicialmente em Santa Rosa, e depois em toda a região noroeste.

O tempo em que estive vinculada ao Grupo RBS foi de oportunidade de aprender ainda mais, com a possibilidade de produzir material não apenas para o site hiperlocal, mas também para a Zero Hora, em suas versões imprensa e online. Outro privilégio, durante este período, foi de estar lotada na redação da RBS TV Santa Rosa, onde convivi com profissionais empenhados em oferecer informação qualificada à comunidade.

E o tempo trouxe mais oportunidades. Assumia, em junho de 2012, a assessoria de comunicação da Emater/RS-Ascar, nos 45 municípios da região administrativa de Santa Rosa. Que experiência! Produção de releases, sugestões de pauta, atendimentos à imprensa, reportagens para televisão, produção de boletim para rádio, elaboração de material para o site institucional e produção gráfica passavam a fazer parte da gama de atividades. E continuam fazendo, o que exige disciplina, organização e criatividade – um constante aprendizado.

produção de matéria Rio Grande Rural

Gravação de matéria sobre uma agroindústria familiar comandada por mulheres para o Programa Rio Grande Rural

Uma das principais realizações neste período foi ter acompanhado a criação e os primeiros passos da Cooperativa Rural de Alunos-Repórteres, que tem como missão divulgar as principais potencialidades e políticas públicas voltadas ao meio rural.

Outra oportunidade que surgiu em 2012 – e segue até hoje – é de atuar como professora do curso técnico em publicidade, do Instituto Estadual de Educação Visconde de Cairu. Sob minha responsabilidade, os componentes curriculares de Jornalismo, Veículos de Comunicação, Teoria e Técnica da Comunicação e Introdução às Relações Públicas. Diante deste desafio foi necessário buscar qualificação na Formação Pedagógica de Professores, o que corresponde a uma licenciatura, e na especialização de Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação. Certamente a ideia não é parar por aí.

UFA! Parece que se passaram décadas. Falamos de pouco mais de cinco anos após a formação acadêmica. Hoje, o nome Unijuí, bem, tem um novo significado. Ouso sintetizar em uma palavra (mas no plural): oportunidades!

Anúncios

2 respostas em “Portas que se abrem a todo momento

  1. Que oportunidade de reflexão: obrigada Usina de Ideias, obrigada Unijuí!

    Realmente muita coisa mudou desde minha participação no “Photochopp”…

  2. Deise, nós é que agradecemos a oportunidade de contar a tua história aqui no blog da Usina. Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s