Caroline Costa: rumo à Coreia do Sul

Caroline Costa

Reprodução Facebook

De Três de Maio para o mundo. Mais uma acadêmica do curso de Comunicação Social da Unijuí vai partir para estudar fora do Brasil. Caroline Costa, que está no 4º semestre do curso de Relações Públicas, vai fazer um intercâmbio na Coreia do Sul, de agosto de 2013 a janeiro de 2014. Foi garimpando na rede que Caroline, já atraída pelo país onde vai estudar, encontrou uma oportunidade de intercâmbio para treinar o seu inglês e conhecer um pouco mais da cultura sul-coreana. Quer ficar por dentro de mais detalhes? Então, confira abaixo o bate-papo que tivemos com Caroline.

Como surgiu a oportunidade de fazer intercâmbio? Quanto tempo você irá ficar na Coreia do Sul?

O meu interesse pela Coreia vem de alguns anos, mas eu nunca havia pensado em estudar lá. Foi só quando entrei na faculdade e descobri o Ciência sem Fronteiras que percebi que seria possível conhecer o país que tanto gosto e aprimorar meus conhecimentos. Me inscrevi na chamada 2013/02 do Ciência sem Fronteiras, mas o governo cortou Ciências Humanas e Sociais do programa neste edital. Então, fiquei impossibilitada de ganhar a bolsa, mas  não desisti de estudar lá e continuei procurando por algo.

Foi numa de minhas buscas que encontrei o site Study In korea, que é de uma brasileira. Ela posta várias oportunidades de bolsas de estudo, cursos e eventos da cultura coreana aqui no Brasil. Achei o link do edital da Geumgang University  e resolvi participar.

No dia 16 de julho  recebi a resposta positiva de que  tinha sido aprovada para a bolsa. Lá na Geumgang irei fazer um curso de língua e cultura coreana, que tem duração de 16 semanas. Então, irei no final de agosto e volto no início de janeiro. Espero e desejo que seja um tempo de muita troca de aprendizado, já que eu serei a única brasileira na Geumgang. Terão pessoas da França, UK, Hungria, Indonésia, Rússia, Índia, Espanha, Filipinas, entre outros países, seremos em torno de 40 pessoas.

Por que você escolheu a Coreia do Sul para realizar a sua viagem de estudos?

Eu escolhi a Coreia do Sul porque eles têm um modo de fazer comunicação diferente do Brasil, para eles a comunicação e o planejamento são essenciais para que qualquer negócio funcione, sem contar que é a maior economia dos tigres asiáticos, a quarta maior da Ásia e a décima-terceira do mundo. Além disso,  Samsung, LG, Hyundai e Kia são de lá.

Outro fator que me influenciou, é que eles investem muito na educação, incentivando as empresas a aceitar, todos os anos, universitários como estagiários. Lá na Coreia é muito comum o governo e as universidades oferecerem bolsas de estudo para estudantes estrangeiros, tanto que você encontra aos montes nos sites institucionais bolsas de estudos de 100%, 75%, 50% na mensalidade da faculdade. Alguns programas do governo coreano oferecem os quatro anos de faculdade e um ano de aulas de idioma para estudar lá, bolsas de doutorado e mestrado também são muito comuns.

Assim,  penso que será muito importante para meu futuro profissional conhecer uma cultura completamente diferente da brasileira, ainda mais porque pretendo seguir no campo das Relações Públicas internacionais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s