Rádio: Paixão e História

O rádio AM na região missioneira. O que você sabe sobre essa história?

Na verdade, pouco é conhecido sobre isso. Foi por esta razão que as formandas do curso de jornalismo Katiúze Brill e Luana Costa resolveram se engajar em um trabalho para contar e valorizar essa trajetória.

Orientadas pela professora Vera Raddatz, as acadêmicas produziram seu TCC, no caso, um projeto experimental, resgatando depoimentos de radialistas protagonistas do rádio AM na região missioneira. O resultado é o trabalho “Rádio: Paixão e História” reunido no site www.radiopaixaoehistoria.com,

O trabalho foi apresentado à banca no dia 03 de julho. Agora é hora de apresentar para a comunidade de São Luiz Gonzaga, onde a pesquisa foi realizada. É isso que vai acontecer no próximo dia 06 de agosto (terça-feira), no Salão da ACI, às 9h: o lançamento da exposição que estará aberta das 9h às 19h neste local.

Ficamos curiosos sobre como vai ser o lançamento e quais os planos futuros para este trabalho. Por isso, enviamos algumas questões para as autoras, que você pode conferir logo abaixo. As respostas foram concedidas por Katiúze Brill. Desejamos boa sorte para as meninas e estão todos convidados para prestigiar o evento.

radio paixao e historia

1) Para começar, gostaríamos que nos contasse sobre como surgiu a ideia deste Projeto Experimental que trabalha a história do rádio nas Missões? Em sua opinião, qual a importância deste resgate histórico das emissoras AMs para a valorização do trabalho em rádio?

Quando nos unimos para realizar o trabalho, ambas tínhamos a certeza que seria sobre o rádio. A partir daí, analisando nossa situação regional, percebemos que a região missioneira possui ampla e rica história sobre o rádio, o que até então era desconhecido ou não documentado. Notamos que nos materiais históricos sobre este meio, apenas era contada a história das emissoras dos grandes centros e surgiu uma curiosidade em saber como aconteciam as coisas por aqui, e aí que veio a surpresa, quando descobrimos fatos que não imaginávamos que numa pequena cidade do interior gaúcho tinham acontecido. Então nosso objetivo principal foi contar estas histórias, mostrar que a região missioneira também viveu a época de ouro do rádio, e documentá-la, para que não fosse perdida e para que fosse possível os estudantes e pesquisadores de comunicação também conhecerem tudo isso. Acreditamos que este trabalho tem uma importância pelo resgate, documentação e divulgação dessa história, de forma que valorize o que possuímos em nossa região.

2) Quais são os detalhes da Exposição Rádio: Paixão e História que podem ser adiantados?

A exposição será o lançamento do site. Na verdade o site está no ar desde o dia 03 de julho, data da defesa do TCC, mas o lançamento oficial ocorre junto à exposição, na próxima terça-feira (06), em São Luiz Gonzaga. No local será apresentada ao público a ideia do site e nossos objetivos. Teremos durante todo o dia, na exposição, computadores disponíveis para os visitantes conhecerem o site, assim como alguns materiais antigos publicados até o momento.

3) Quais são os objetivos do site www.radiopaixaoehistoria.com. De que forma e em qual periodicidade ele será atualizado?

O objetivo do site é revelar/contar a história das rádios AMs, pioneiras na região das Missões. Visando disponibilizar este material para pesquisa e estudos na área da comunicação. O site será atualizado por etapas. Iniciamos por São Luiz Gonzaga, contamos a história das duas emissoras AMs, com foco em locutores que tenham a paixão pelo rádio. Entretanto, não se encerrou esta história, ou seja, a parte de São Luiz Gonzaga ainda terá mais conteúdo e assim que conseguir ser elaborado, editado, ele irá para o site. Também iremos trabalhar com a colaboração dos acadêmicos, onde suas pesquisas e trabalhos realizados na Unijuí poderão ser divulgados em nosso site, desde que sejam ligadas ao nosso trabalho. A próxima cidade em que faremos a pesquisa será Santo Ângelo, que possui a rádio pioneira das Missões, a Rádio Santo Ângelo, de 1947, e a Rádio Sepé Tiarajú, que surgiu mais tarde.

4) Quais são as expectativas de mostrar o trabalho pronto para a comunidade de São Luiz Gonzaga?

A expectativa é grande, pois este é o momento em que saberemos qual a receptividade, a avaliação daqueles que fazem parte dessa história, pois todos fazemos parte da história do rádio, do locutor ao simples ouvinte esporádico. É uma grande responsabilidade contar uma história de pessoas que viveram aquilo, elas sabem detalhes e irão avaliar se o trabalho foi feito dentro da realidade, se conseguiu contar a história e o sentimento da época e, principalmente, se alcançou o principal foco que é demonstrar a força desta mídia em nossa região e valorizar este meio que está presente no dia-a-dia dos missioneiros. Esperamos que o trabalho seja bem recebido e também que ele tenha continuidade não só pra nós, mas também que faça parte das pesquisas dos estudantes a partir de agora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s