No ar “21- Os anos que não foram escritos”

Na segunda-feira, dia 1º, os acadêmicos do curso de Comunicação Social da Unijuí, Emerson Scheis e Pâmela Moraes lançaram oficialmente o vídeo documentário “21 – Os anos que não foram escritos”. Um trabalho que aborda a passagem do regime militar pelo município de São Luiz Gonzaga. A apresentação foi no Cine Lux, em São Luiz Gonzaga, e contou com a presença de colaboradores e autoridades locais.

O vídeo foi produzido no segundo semestre de 2012, entre os meses de agosto e dezembro, compondo o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos acadêmicos de jornalismo. A edição técnica foi realizada pelo editor de vídeo Célio Ferraza, com apoio do editor de áudio Rafael Bianchi. Confira:

Célio se envolve diretamente com a produção audivisual dos alunos. Para ele, iniciativas como estas são de grande valor: “é uma forma de manter a história através do resgate de fontes ainda vivas e disponibilizar este documento em vídeo para a comunidade, formato acessível e de fácil compreensão por todos”. Ele acrescenta que se sente privilegiado em trabalhar com a edição destes materiais, pois tem a oportunidade de se aprofundar em temas variados e ampliar seu conhecimento em assuntos diversos de toda a região.

Para o orientador do Projeto, professor Celestino Perin, um dos grandes méritos do trabalho é a qualidade histórica das entrevistas. As estratégias jornalísticas utilizadas para conduzir a coleta de depoimentos contribuíram para a riqueza das respostas, além disso, “a boa decupagem (escolha e seleção de partes do material captado) tanto na situação dos entrevistados, quanto no material gráfico e de áudios, tornou a edição final bastante atrativa, isto certamente se refletiu na reação do público de forma positiva, inclusive com aplausos intensivos”, conta Celestino, que participou da cerimônia de lançamento oficial do vídeo documentário.

Com duração de aproximadamente 50 minutos, o documentário resgata a história e os anos que não foram escritos a partir de depoimentos de cidadãos que viveram na pele os 21 anos de ditadura no Brasil (1964-1985). Segundo um dos idealizadores deste Projeto, Emerson Scheis, no total foram 14 entrevistas com personagens da história de São Luiz Gonzaga que contaram a sua versão dos fatos, o que o regime militar significou para suas vidas, para o contexto político e cultural da região.

Celestino acompanha este tipo de produção há muito anos. Ele acredita na importância do resgate cultural e político das diversas manifestações de uma sociedade por intermédio de ações jornalísticas: “O vídeo é uma das melhores formas de resgate da memória, que não está escrita e muitas vezes nem fotografada, pois permite a captação de imagens e sons de forma simultânea, criando arquivos dinâmicos que vão sendo valorizados ainda mais a partir do momento em que as fontes não se fazem mais presentes na sociedade”, explica.

Segundo ele, “21 – Os anos que não foram escritos” reflete fortemente este conceito, assim como outros vídeos da história do curso de Comunicação Social da Unijuí, sendo muitos destes premiados em diferentes festivais regionais e nacionais.

21_02

Comunidade prestigiou o lançamento oficial do documentário. A entrada era 1kg de alimento não perecível que será doado ao Lar do Idoso de São Luíz Gonzaga!

21_04

21_01

21_06

A equipe toda reunida e orgulhosa do trabalho final que contou com a colaboração e a mãozinha de cada um para alcançar um resultado super bacana como este!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s