Professor, vai uma mídia aí?

Não é só de giz, lápis e quadro negro que se pode fazer uma boa aula. Além dos livros e dos cadernos, vieram somar-se aos recursos pedagógicos câmeras fotográficas, filmadoras, microfones, gravadores e outros instrumentos tecnológicos que já são velhos parceiros da mídia. A união dessas ferramentas e de técnicas da comunicação nas práticas de ensino deu origem à “educomunicação”.

Tal fusão não é recente, contudo, passou a ser mais conhecida e aplicada no Brasil apenas na década de 90 quando o governo lançou o documento “O novo ensino médio”. A partir do documento, começou o processo de  estimular o uso das novas tecnologias dentro da sala de aula.

O projeto Mídia, Tecnologias e Educação, coordenado pela professora Vera Raddatz, é um exemplo de pesquisa em torno dessa área. No projeto se estuda como as novas tecnologias estão sendo usadas no ambiente escolar.

A professora explica que o projeto Mídia, Tecnologias e Educação completou em julho de 2012 dois anos de duração no seu primeiro ciclo, sendo realizado em duas escolas públicas e uma particular. Neste mês de agosto inicia sua nova fase, pesquisando sobre como os jovens estão usando a internet e as redes sociais para obter conhecimento e que tipo de conteúdo é publicado e compartilhado neste espaço. Outro objetivo é refletir sobre o papel da mídia e da escola como espaços férteis  para a formação do cidadão.

Você está curioso para saber quais são as reais possibilidades de ensino desse profissional? Na verdade, ele pode optar por instruir e coordenar projetos em educomunicação em escolas públicas e privadas ou pode efetivamente aplicar as aulas, ensinando através dos meios ou sobre eles. A intenção fundamental é tornar os alunos mais ativos no processo de aprendizado, sendo eles também produtores de conhecimento. Em termos técnicos, pode-se dizer que a educomunicação visa construir os chamados ecossistemas comunicativos.

A área ainda é nova, mas abre mais uma possibilidade para os profissionais da Comunicação Social, sendo também uma alternativa para os sistemas de ensino tradicionais que pouco atraem uma geração familiarizada com os meios de comunicação e com as tecnologias em geral. Por isso, professor, vai uma mídia aí?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s