“Eu gosto muito de trabalhar na TRI”, diz Lucy

Não sei ao certo quando, nem como, surgiu meu interesse pela área de Comunicação Social. Mas meu primeiro contato real foi em 2006, quando eu estava finalizando um curso técnico em Design Gráfico e fui parar no Cooperjornal, de Três de Maio, onde trabalhei como diagramadora. No Cooper, conheci dois ótimos profissionais da área de Publicidade e Propaganda, que acabaram me “inspirando”. No mesmo ano, fiz o vestibular, passei entre os primeiros (não que isso seja muito difícil na Unijuí) e me mudei de “mala e cuia” para Ijuí, praticamente certa de que era isso que eu queria para minha vida.

Alguns semestres depois, parti para um estágio em um projeto de extensão da universidade: a Incubadora de Economia Solidária. Posso dizer, com certeza, que boa parte do que eu sei hoje, eu aprendi ali. Foi uma oportunidade ótima de colocar em prática o que eu estava aprendendo em sala de aula, principalmente na parte de assessoria de comunicação. E o legal é que eu aprendi fazendo, aprendi errando, porque não tinha ninguém acima de mim, eu era a única profissional de Comunicação atuando no projeto. Foi bem gratificante, porque além de tudo, o meu trabalho era reconhecido e o reconhecimento é a melhor das recompensas.

Antes mesmo de encerrar meu estágio na Incubadora, fui chamada para trabalhar na TRI Comunicação, onde estou até o momento. Apesar de eu cursar Publicidade e Propaganda, o que eu faço aqui é Jornalismo puro: sou repórter do Jornal e da Revista e também ajudo na diagramação do jornal. Eu sempre gostei muito de escrever, me identifico com isso, e busquei aprender sobre a profissão, lógico. Não saí por aí “brincando” de ser jornalista. Inclusive, estou fazendo duas matérias de Jornalismo nesse semestre, com a intenção de me aperfeiçoar ainda mais.

Eu gosto muito de trabalhar na TRI, aprendi muitas coisas sobre a área e continuo aprendendo a cada dia. Até hoje, ainda fico ansiosa nas terças-feiras de manhã quando sai o jornal, folheio atentamente página por página para ver se está tudo certo e releio todas as matérias, principalmente as que eu produzi. Em relação a revista, a ansiedade é ainda maior: adoro fazer a revista, tenho o maior orgulho dela, principalmente porque vejo que a aceitação é grande, as pessoas gostam, elogiam e isso é muito gratificante.

Paralelamente, acho que vale citar também, sou moderadora do blog da banda ijuiense Parada Obrigatória, juntamente com a Nay. Nessa função, aprendi a explorar a Internet, algo que me fascina bastante, além de aprender a “falar a língua do público”. Como a banda tem um público bem específico, acredito que seja imprescindível usar uma linguagem adequada a esse público, e por se tratar de Internet nem sempre é fácil. Mas a forma como conduzimos deu resultado, tanto que o blog continua ativo e é referência da banda.

Para finalizar, o que eu posso deixar de dica para o pessoal é que “metam a cara”, busquem estágios, mesmo que nem sempre sejam bem remunerados. Perguntem, experimentem. Pois só na prática é que a gente consegue ter essa noção da realidade, de como é o mercado, como funcionam as coisas. E só assim é que nosso nome começa a ganhar “peso” e nosso trabalho passa a ser mais reconhecido.

Anúncios

8 respostas em ““Eu gosto muito de trabalhar na TRI”, diz Lucy

  1. A Lucy esqueceu de citar que escreve melhor do que muito estudante de jornalismo. Aliás, melhor do que muitos profissionais já formados. =)

    Sabes que te gosto, vermeinha!
    <3

    Beijo!

  2. OUNNN *–*

    Obrigada, Drica querida. Com certeza, um elogio desses vindo de ti, vale muito pra mim.

    Também te gosto. <3

  3. Concordo com a vermêia 2: a vermêia 1 escreve melhor que a maioria dos estudantes de jornalismo (sim, podem me odiar). Tem boas idéias de pauta e trabalha com seriedade. Se fosse menos sovina na hora de rachar a Coca-Cola, seria a colega de trabalho perfeita. :D

    Parabéns, Lucy!

  4. Obrigada, Léo. HEUHEUE ri com a parte da Coca-Cola, o que obviamente é uma calúnia, mas tudo bem. :P

    Ah, e esqueci de comentar no texto, também, que foi o Léo que me indicou lá na TRI, enfim, lindo da parte dele, eee

    o/

  5. Que isso Léo, ontem mesmo ela pagou a coca sozinha….. há!
    só porque vc não estava lá.. hauhsuahs

    capaz a.. a vermeia escreve muito bem cara… e as vezes me ajuda com palpites nos anúncios… e é uma colega de trabalho exemplar,
    apesar das coca-colas, ela até aprendeu a fazer mate (eu não vi ela fazendo), mas enfim…. legal o post …. valeu!.

  6. Sempre achei a escrita da Lucy muito boa!
    q bom que isso está sendo valorizado!!! Parabéns Lucy! Lute sempre por isso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s