A paixão de professores por projetos de pesquisa e extensão

Na comemoração dos 15 anos do curso de Comunicação Social, nós temos algumas coisas importantes também a salientar dentro da área da pesquisa, que, juntamente com a extensão e o ensino, se constitui nos 3 eixos fundamentais da Unijuí.

A professora Vera Raddatz , com o apoio de seus bolsistas, desenvolve desde o ano de 2008 o projeto: “Fronteiras a identidade fronteiriça nas ondas do rádio”. Para ela, “o rádio é o meu objeto principal de estudo e de pesquisa, a ideia principal com este projeto é que ele concluído no final deste ano de 2010 o mais tardar em julho/2011”.

A equipe está mapeando as emissoras de rádio da fronteira noroeste/ noroeste colonial do Rio Grande do Sul, contando sua história e recuperando os principais momentos do rádio. Segundo Vera, a ideia é que isso possa ser transformado em um material de consulta para outros pesquisadores ao mesmo tempo em que registra a memória do radio regional. “Isto será feito então a partir de um livro que vamos começar a escrever. Uma parte dele já está escrito, mas ainda está muito fragmentado. Agora, a gente vai dar um formato mesmo de livro a partir da segunda semana de agosto, quando os bolsistas junto comigo vão continuar a pesquisa e começar a produção então deste livro propriamente dito”, ressalta.

No que diz respeito à extensão também desde 2008 a professora Vera Raddatz, desenvolve o projeto “Rádio na Escola”. A professora ressalta que este projeto esta baseado nos estudos e nas teorias de educomunicação. Lembra ainda que “a  aproximação de dois campos distintos que é o campo da comunicação e o campo da educação, tendo em vista estudar como que estas duas áreas a partir de sua aproximação podem trazer benefícios especialmente para os jovens, os adolescentes”. 

 O professor Márcio Granez está com o projeto de extensão do jornal laboratório Barata desde 2001. Segundo o professor o objetivo principal do projeto é ser um espaço para prática, Granez salienta ainda que “a gente tem vários desses espaços dentro do curso de Comunicação Social e o Barata acaba sendo uma face, da nossa interação entre os conhecimentos mais a nível teórico e os conhecimentos práticos. A gente gostaria de ver esse espaço basicamente como uma possibilidade de o aluno colocar a mão-na-massa, dele aprender a fazer notícia, reportagem e ter responsabilidade em termos de prazo que é uma coisa que conta bastante no nosso dia-a-dia aprender a selecionar os temas mais relevantes levar em conta as fontes de informação”.

Por Luana da Costa – Estagiária de Jornalismo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s